Hobbies, o que se deve, ou não dizer?

Hobbies, o que se deve, ou não dizer?
07 Outubro 2015    2488

Se já passou ou está a passar pela experiência de construir o seu CV, estas dúvidas poderão parecer-lhe familiares: Devo ou não referir os meus hobbies e interesses? Qual é o objetivo de partilhar esta informação? E se os meus passatempos não forem particularmente entusiasmantes?

Perante estas hesitações, que são bastante comuns, a maioria das pessoas tende a evitar incluir esta informação no CV, ou a fazê-lo apenas quando é obrigatório (quando o CV tem uma estrutura pré-definida que inclui esta secção).

Por outro lado, uma percentagem significativa de candidatos refere os mesmos interesses: ler, ir ao cinema e viajar. Sendo verdade que são interesses partilhados por muitas pessoas, ao limitar-se a listá-los, sem mais detalhe, poderá pôr em causa as mais-valias de incluir esta informação no CV, e que são:

  • Dar-se a conhecer enquanto pessoa, revelando o seu “lado B”, as suas paixões, aquilo que o move fora do âmbito profissional;
  • Despertar curiosidade sobre si;
  • Diferenciá-lo dos restantes candidatos;
  • Criar uma oportunidade para estabelecer pontos de contato e empatia com o entrevistador.

Assim, deixamos-lhe algumas dicas sobre como poderá enriquecer e tornar diferenciadora esta secção:

  • Comece por fazer uma lista dos seus hobbies/interesses – como ocupa o seu tempo quando não está a trabalhar? Qual ou quais as atividades que o mantêm de tal forma envolvido que não dá pelo tempo passar? Se o dinheiro não fosse uma variável relevante, como gostaria de passar os seus dias?
  • Depois de completar a lista, e ao candidatar-se a uma função, procure selecionar os interesses que podem ser relevantes para a mesma – por exemplo, se a função a que se candidata envolver grande capacidade de organização, referir que todos os anos é responsável por planear e coordenar as férias com o seu grupo de amigos demonstra que tem facilidade e apetência por tarefas organizativas, mesmo num registo não profissional.
  • Caso chegue à conclusão de que os seus interesses são de facto comuns, poderá acrescentar alguns detalhes específicos que o diferenciarão dos restantes candidatos:
    • Ler/Ir ao cinema: Gosta de algum género em particular? Qual foi o livro/filme que mais o marcou? Qual o último livro que leu/filme que viu?
    • Viajar: Tem interesse em alguma cultura ou região específica? Que países já visitou? Qual a viagem que mais o marcou? Qual a sua viagem de sonho?

Uma linha será suficiente – lembre-se que um dos objetivos é despertar a curiosidade do recrutador! Depois, em entrevista, terá oportunidade de aprofundar o tema. E aí, em vez de se limitar a enumerar o que gosta de fazer nos seus tempos livres, procure contar uma história em torno dos seus interesses que seja memorável para o entrevistador. Uma vez mais, pegando nos três hobbies mais frequentemente referidos, deixamos-lhe algumas ideias:

  • Ler: Poderá por exemplo partilhar a história sobre como surgiu o gosto pela leitura ou alguma história curiosa em torno de um livro que leu;
  • Ir ao cinema: Há algum filme que tenha tido um impacto particularmente marcante na sua vida ou que reflita claramente a sua maneira de pensar e de estar?
  • Viajar: Recorda-se de alguma viagem que lhe tenha permitido desenvolver competências relevantes (ex. trabalhar para juntar dinheiro para um interrail; viajar sozinho; perder-se durante uma viagem; trabalhar durante a viagem…)?

Um processo de seleção não resulta apenas da correspondência entre os requisitos da função e as competências técnicas do candidato, mas também do alinhamento entre a cultura, os valores, o posicionamento da empresa e os do candidato. Por isso, não tenha receio de se dar a conhecer para além da sua identidade profissional – a consequência só poderá ser uma escolha mais informada e consciente de ambas as partes!

hed@jasonassociates.com

Contacte-nos
Preencha o formulário com os seus dados para obter mais informações sobre esta aplicação, e em breve entraremos em contacto.
Vamos começar?
*Campos obrigatórios

Conteúdos Mais Visualizados

Conheça os conteúdos mais visualizados

Employee Experience
Event Information: Employee Experience ...
18 Novembro 2019    2992
Insight Sales – como desenvolver competências de vendas complexas
Quantas vezes já se pe ...
11 Outubro 2017    2960
Delivering the Workforce for the Future
Mercer and Oliver Wyman join forces to help organizations prepare their workforces for the digital e ...
30 Janeiro 2018    2898

Conteúdos Sugeridos

Conheça os conteúdos sugeridos

Lisboa sobe 5 posições
...
21 Março 2018    2687
Mercer Summer Trainees 2018
Why? Propósito do programa Ao longo de muitos anos, a Merce ...
10 Outubro 2018    2589
A look at the Future of Work
...
21 Fevereiro 2018    2640