Voluntariado: começa por ser uma gota no oceano

Voluntariado: começa por ser uma gota no oceano
12 Dezembro 2016    1880
(…) o verdadeiro impacto existe quando se trabalha a vertente da capacitação das pessoas.

Nome: Ana Vargas Santos

O que faz na Jason Associates: consultora.

A minha primeira experiência de voluntariado foi em 2004, no Verão antes de entrar para a faculdade, numa Comunidade de acolhimento para crianças que eram retiradas às famílias. A minha missão passava por dinamizar atividades e jogos com elas durante o período de férias escolares. No ano seguinte voltei a fazer voluntariado em moldes semelhantes, mas numa escola em que as relações entre as crianças eram pautadas por alguma agressividade, e era missão dos voluntários dinamizar atividades durante os intervalos entre as aulas para estimular a cooperação entre os alunos. Mais recentemente, há cerca de 1 ano, voltei a fazer voluntariado, desta vez com a Refood, quer na recolha de alimentos junto dos parceiros, quer na organização dos cabazes para entregar às famílias.

Decidi tornar-me voluntária de maneira a contribuir com o meu tempo para uma causa relevante, sentir-me útil e parte da comunidade e, a primeira experiência foi a que mais me marcou porque na altura tinha apenas 17 anos e vi-me confrontada com crianças pouco mais novas que eu que tinham passado por realidades que eu nem imaginava que existiam.

As experiências de voluntariado que tive até hoje fizeram-me acreditar ainda mais no poder da capacitação das pessoas. Muitas ações de voluntariado baseiam-se numa lógica de caridade ou assistencialismo que em nada trabalham a independência e a sustentabilidade do indivíduo, das famílias e das comunidades. São soluções importantes, mas essencialmente remediativas. Acredito cada vez mais em ações pró-ativas que trabalhem os recursos (cognitivos, relacionais, físicos, de subsistência) das pessoas para que possam construir os seus próprios caminhos.

O voluntariado é algo que recomendo, sem dúvida. É uma experiência ótima que se transforma numa uma oportunidade de ganhar outra perspetiva sobre as comunidades em que nos inserimos e o nosso papel como parte delas. E, apesar de continuar a achar que sou uma gota no oceano, sinto que o verdadeiro impacto existe quando se trabalha a vertente da capacitação das pessoas, através de ferramentas de desenvolvimento individual.

Para saber mais sobre as ações de voluntariado da Ana: hed@jasonassociates.com

Contacte-nos
Preencha o formulário com os seus dados para obter mais informações sobre esta aplicação, e em breve entraremos em contacto.
Vamos começar?
*Campos obrigatórios

Também poderá gostar de...

A Felicidade no Trabalho
23 Maio 2017    1912
Chegou hoje a nossa Girl Mover
11 Setembro 2019    550


Conteúdos Mais Visualizados

Conheça os conteúdos mais visualizados

O novo papel do HR Business Partner
A minha equipa de RH é percecionada pelas áreas de ...
11 Outubro 2017    7736
HED: Inspire Every Day
Neste novo ano queremos partilhar com a comunidade de talento mensagens inspiradoras durante o mês d ...
28 Dezembro 2017    6837
The Ultimate Experience - Talent Escape Room
Se nunca participou em nenhuma Escape Room está no sitio certo para este desafio, o Talent E ...
14 Novembro 2017    6320

Conteúdos Sugeridos

Conheça os conteúdos sugeridos

Mercer Summer Trainees 2018
Why? Propósito do programa Ao longo de muitos anos, a Merce ...
10 Outubro 2018    1546
Digital Products
My Feedback ...
11 Outubro 2018    1688
Mudança no mundo organizacional
No mundo organizacional há cada vez mais pressão para fazer mais com menos recursos. As mudan ...
02 Fevereiro 2018    4013