Introvertidos, como saber quem são?

Introvertidos, como saber quem são?
26 Julho 2016    2714

Como podemos saber quem são os novos introvertidos? Imagina que tens duas novas colegas.

Uma delas é assim:

  • Gosta de almoçar sozinha
  • Quando almoça com um grupo grande, raramente fala
  • Atravessa os corredores a olhar para o chão
  • Passa longos períodos a trabalhar com headphones e sem conversar com ninguém
  • Raramente vai aos jantares e festas da empresa
  • Não está à vontade com estranhos
  • Não sabe “fazer conversa”

A outra é assim:

  • Quando te convida para almoçar, mantém o telemóvel na carteira o tempo todo
  • Ouve-te sem distrações nem interrupções
  • Demonstra interesse no que tens para dizer, fazendo perguntas
  • Reconhece o teu trabalho e as tuas ideias
  • Pede a tua ajuda e valoriza a tua opinião
  • Partilha contigo o que sabe
  • Cumpre os compromissos que estabelece contigo

Qual irias ter maior curiosidade em conhecer? Com qual te irias dar melhor? E se fossem as duas a mesma pessoa?

Sim, é possível. Ana Vargas Santos, muito prazer. Não sou a tua nova colega, mas podia ser. Quão rápido serias a julgar-me a partir da primeira lista de características?

Estima-se que 50% da população é como eu. Não serás, tu próprio, assim? Percorre novamente as duas listas e experimenta fazer um check em todos os comportamentos com que te identificas. Se selecionares mais de 10, bem-vindo! Somos um grupo grande, temos membros incríveis (já te falo de alguns) e até temos um nome para o nosso clube: Introversão.

Se ainda tiveres dúvidas, podes fazer este teste. E se de facto o teu grupo não for este, mas o da Extroversão, lembra-te: 50% da população. Muito provavelmente vais apaixonar-te, trabalhar, conviver ou ser pai de um introvertido.

Por isso, se és introvertido…

Se vives ou convives com um introvertido…

Se trabalhas com um introvertido…

Há três ideias que precisas de pôr em causa.

#1. Os introvertidos não dão bons líderes

Pesquisa no Google: “introverted leaders”. Se o número de resultados e a diversidade de títulos não forem suficientes para te convencer de que esta crença está errada, lê estes testemunhos sobre o Warren Buffet, o Bill Gates, e o Elon Musk.

Já leste? Então vamos ao que importa: como é que um introvertido pode contrariar esta ideia?

Assumindo-se.

Por um lado, quando assumes perante ti próprio que és introvertido, tornas-te mais auto-consciente. John Lilly, ex-CEO da Mozilla, passou a prestar mais atenção ao seu comportamento quando circulava pelos corredores da empresa entre reuniões (normalmente ia perdido nos seus próprios pensamentos e de olhos postos no telemóvel ou no chão) e ao impacto que esse comportamento poderia ter junto das suas equipas.

Por outro lado, quando o assumes perante os outros, consegues ajudá-los a compreender-te melhor. Pat Wadors assumiu a sua introversão aos 30 anos porque queria chegar a uma posição de liderança e percebeu que o facto de ser reservada estava a passar a imagem de que não estava comprometida com o seu trabalho. Hoje é Vice Presidente de Recursos Humanos no Linkedin.

#2. Os introvertidos não foram feitos para o palco

Esta Ted Talk foi vista por mais de 13 milhões de pessoas. O tópico é “O poder dos introvertidos” e a oradora apresenta-se como “Quiet Revolutionary”. O resultado? Milhares de mensagens, cartas e emails de agradecimento, centenas de entrevistas, palestras e conferências e a fundação de uma empresa.

Impressionado? Então vamos lá: como é que um introvertido pode contrariar esta ideia?

Focando-se no propósito.

Quando sentes que tens algo de relevante para partilhar, algo que pode fazer a diferença para quem te vai ouvir, e comunicá-lo se torna o teu foco, consegues contrariar o teu perfil reservado e expor-te para transmitir essa mensagem. Brian Little pode ser uma boa fonte de inspiração. Professor em Harvard, era visto pelos alunos como extremamente extrovertido, e conhecido pelos outros professores como “o tipo que se escondia dos alunos na casa-de-banho depois das aulas”. O que na verdade se passava era que, apesar de ser introvertido e por isso precisar de recuperar energia sozinho e em silêncio, tinha uma paixão e um propósito do qual não queria abdicar: ensinar. E focava-se em fazê-lo tão bem que passava por extrovertido. Podes ouvir toda a história, contada pelo próprio, e vê-lo em palco, aqui (benefício secundário: vais pôr de parte mais uma ideia feita, a de que os introvertidos não têm sentido de humor).

#3. Os introvertidos não gostam de falar

Dirias que alguém que apresentou um talk show durante 33 anos não gosta de falar? Apresento-te David Letterman, o apresentador de televisão barra comediante barra entrevistador barra introvertido.

Surpreendido? Se estás a pensar: “Como pode um introvertido contrariar esta ideia?”, aqui está:

Ouvindo (e falando!).

Os introvertidos estão naturalmente mais confortáveis a ouvir do que a falar. E essa predisposição torna-os, paradoxalmente, bons comunicadores. É que dar espaço ao outro para falar, mostrar interesse no que tem para dizer eliminando interrupções e distrações, e envolver-se ao fazer perguntas, são elementos fundamentais em qualquer conversa.

Por outro lado, “falar” pode assumir diferentes formatos. Escrever, pintar, cozinhar, são formas de falar. É que falar, segundo o Priberam, significa “exprimir-se em”. E a forma como te exprimes é uma escolha tua. Aliás, não só a forma, mas também o conteúdo e o timing – a Pat Wadors explica-o de uma forma brilhante neste artigo.

Muito mais ideias haveria para contrariar (sabias que há quem ache que os introvertidos não precisam de ser reconhecidos pelo seu trabalho?), muito mais estratégias para partilhar (para um introvertido, reconhecer os outros é uma forma de se ver reconhecido também), mas estou certa de que voltaremos a falar sobre este tema. Entretanto, se tiveres alguma dúvida, ou quiseres debater algum tema em maior detalhe, escreve-me. Sou introvertida, e adoro conversar.

hed@jasonassociates.com

Contacte-nos
Preencha o formulário com os seus dados para obter mais informações sobre esta aplicação, e em breve entraremos em contacto.
Vamos começar?
*Campos obrigatórios

Conteúdos Mais Visualizados

Conheça os conteúdos mais visualizados

Employee Experience
Event Information: Employee Experience ...
18 Novembro 2019    4655
Aplicação: My feedback
MY FEEDBACK O Feedback é uma ferramenta poderosa e divertida de ...
19 Março 2018    4113
Insight Sales – como desenvolver competências de vendas complexas
Quantas vezes já se pe ...
11 Outubro 2017    4057

Conteúdos Sugeridos

Conheça os conteúdos sugeridos

Black Friday Escape Room
Desafio Talent Escape Room Black Friday   Tentar escapar de uma sala fechada, dentro d ...
22 Novembro 2017    3363
Setores em que se vai contratar mais em 2019
Retoma da economia trouxe mais ...
26 Setembro 2018    3189
Celebração do Futuro, no Porto!
No oitavo aniversário da Jason Associates no Porto celebrámos o futuro. A nossa união à Merce ...
26 Outubro 2017    3403